Como desembaraçar o cabelo sem danificá-lo?

Uma das principais dicas de cuidados com o cabelo é o uso de produtos específicos para seu tipo de cabelo. Produtos de hair care devem estar alinhados com sua base capilar, seu estilo de vida e, é claro, suas vontades. Esses produtos estão relacionados a uma questão importante e que gera dúvidas em muita gente: como desembaraçar o cabelo sem danificá-lo?

Há quem imagine que o ato de desembaraçar o cabelo seja naturalmente um processo que leva à quebra dos fios, mas isso não é verdade. É super possível desembaraçar o cabelo sem causar danos aos fios. Quer saber como? Continue aqui com a gente aqui e fique atenta às dicas que separamos para você!

O USO DE MATERIAIS ADEQUADOS É FUNDAMENTAL!

Não adianta forçar o desembaraço com materiais inadequados para seu tipo de fio. Esta dica de como desembaraçar o cabelo é preciosa! Por exemplo: se os fios são muito grossos, caso o cabelo seja mais crespo ou cacheado, não é uma boa ideia usar um pente de dentes finos para desfazer os nós. Isso pode embolar mais ainda o cabelo, quebrando os fios e prejudicando seu crescimento.

O ideal é optar por pentes de dentes grossos, mais largos, e é melhor ainda se forem de madeira. Esses pentes são ótimos para os cabelos mais finos também. A madeira é um material excelente para diminuir o frizz! Separe mechas com os dedos e passe o pente, devagar e com cuidado, da raiz até as pontas do cabelo. Para cabelos crespos, o caminho é o inverso: das pontas para a raiz.

O LEAVE-IN VAI TE AUXILIAR BASTANTE NO PROCESSO!

O leave-in não têm esse nome por acaso: ele pode ser seu melhore amigo. E isso independe das técnicas que você escolher para desembaraçar o cabelo sem danificá-lo. O mais importante é escolher o leave-in mais indicado para o seu tipo de cabelo. Há quem pense que cabelos lisos não precisam de creme para pentear, mas isso não é verdade! O creme mais indicado para os fios lisos são aqueles mais leves, sem base de óleo e manteigas. Prefira produtos com vitaminas e proteínas (como a queratina) em suas fórmulas. E claro: ao utilizá-lo, não passe o produto em excesso, nem deixe o creme chegar à raiz do cabelo.

Cabelos ondulados, especialmente aqueles que tendem a ser mais oleosos na raiz e secos nas pontas, podem utilizar o mesmo creme para cabelos lisos. A diferença aqui é a forma de aplicação. Pode aplicar uma maior quantidade de creme no comprimento. A fim de deixar as ondas mais definidas, basta colocar o creme e fazer um coque, soltando o cabelo minutos depois. Já para as crespas e cacheadas, o creme para pentear ideal é aquele que tem efeito hidratante, mas que ao mesmo tempo seja leve. Isso é bem importante: afinal, quando utilizar o creme para pentear, a ideia não é deixar o cabelo mais pesado, derrubando os cachos. Nesse caso, a aplicação pode chegar sim mais perto da raiz (a não ser que sua raiz já seja oleosa). Para os cabelos crespos, quanto mais ação hidratante melhor!

DORMIR COM O CABELO MOLHADO E PRESO NÃO É RECOMENDÁVEL!

Essa história de lavar o cabelo e dormir com ele molhado é uma péssima ideia! O cabelo não seca direito e, para quem tem a raiz mais oleosa, é pior ainda, pois o resultado será de um cabelo oleoso como se você nem tivesse lavado.

Manter o couro cabeludo molhado ao dormir pode ainda aumentar o surgimento de caspa e criar fungos! Dormir com os cabelos presos também pode ser um prato cheio para criar um verdadeiro ninho de passarinho na cabeça, especialmente se você não pentear os cabelos antes de deitar e logo ao acordar.

VALE A PENA FAZER UMECTAÇÃO CAPILAR!

O embaraço pode gerar o temido frizz e, em alguns casos, o ressecamento do cabelo. Para auxiliar, uma massagem gentil usando óleo é fundamental. Isso porque o uso de óleos deixará o cabelo mais macio e suave, justamente o que você precisa para desembaraçá-lo sem causar danos e sem sentir dor.

O uso de óleos é especialmente benéfico para os cabelos crespos e cacheados, uma vez que esses tipos de cabelo tendem a ser mais secos que os demais. Os óleos vegetais são os melhores a ser utilizados, como óleo de coco, óleo de amêndoas e óleo de oliva. Você também pode usar, sem problemas, alguns produtos como o leave-in (com a fórmula mais indicada para o seu tipo de cabelo). Massageie o couro cabeludo com o óleo e, caso encontre algum nó nesse processo, tente desfazê-lo com os dedos de maneira gentil. A massagem pode durar até dez minutos. Feito isso, cubra o cabelo com uma toalha recém-mergulhada em água quente (torça a toalha antes, para retirar o excesso). O vapor fará com que os cabelos fiquem mais macios. Os resultados podem ser potencializados caso você massageie os fios com o óleo algumas horinhas antes de lavar os cabelos.

UM POUCO DE ATENÇÃO É IMPORTANTE PARA QUANDO O CABELO TIVER MUITO EMBARAÇADO!

Outra dica importante de como desembaraçar o cabelo é para os casos mais críticos de embaraço! Se o cabelo deu aquela embolada que você não consegue desfazer de jeito nenhum, é melhor parar de tentar. Em casos mais extremos de embaraço, pode realmente ser necessário cortar o cabelo. Caso você force demais para desembaraçar os fios, eles podem acabar muito fragilizados, além de proporcionar a quebra em níveis elevados. Por mais que possa parecer uma medida exagerada, nesses casos o corte do cabelo realmente será a melhor solução. Isso porque o corte, em vez de enfraquecer suas madeixas, deixará o cabelo mais forte e pronto para crescer mais saudável e sem problemas de pontas duplas.

Com essas dicas de como desembaraçar o cabelo, você estará livre daquele embolado de nós, sem dor e sem quebrar os fios! Com os cabelos desembaraçados, fortes e bonitos, você pode tudo!


Fique por dentro de todos os posts

Obrigado por assinar!

Siga-nos no Instagram

  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram