Tipos de cabelo: conheça um pouco mais sobre cada um!

O cuidado correto com os fios começa pela identificação do seu tipo de cabelo. A partir disso, você saberá quais são os produtos nos quais deve investir e que atendam a essas características. É importante dizer isso porque muitas pessoas não conhecem seu tipo de cabelo e acabam utilizando produtos de hair care inadequados, o que afeta a saúde dele, já que não receberá os nutrientes e os cuidados necessários.


Cabelos oleosos

Certamente esse é o tipo mais fácil de ser identificado, pois, normalmente, não tem muito volume. Precisa ser lavado todos os dias por apresentar um aspecto pesado e com bastante oleosidade na raiz, que desce até o comprimento dos fios, podendo ocorrer caspa e coceira.

Essa oleosidade excessiva é resultado da ação das glândulas sebáceas e isso piora se a sua alimentação não é equilibrada, se você lava o cabelo com água muito quente ou se tem o costume de ficar passando a mão nos fios.

Para tentar contornar a oleosidade, é comum que as mulheres passem a lavá-los em excesso ou com shampoos muito adstringentes — aqueles removedores de resíduos. Isso é um erro, pois acaba provocando o efeito contrário: mais oleosidade. O aumento na produção de sebo em razão de muitas e inadequadas lavagens acontece porque você está retirando os óleos naturais do seu couro cabeludo. Por isso, o seu organismo faz o rebote e produz mais oleosidade para proteger a região.

Cabelos secos

Os cabelos secos costumam ser opacos, sem movimentos e ainda mais ressecados nas pontas. Podem ainda ser quebradiços e volumosos. Isso acontece pelo efeito contrário aos fios oleosos, ou seja, a falta de produção de sebo pelas glândulas sebáceas.

Outra característica desse tipo de cabelo é que as escamas se abrem com mais facilidade e isso deixa o interior do fio mais exposto e vulnerável à poluição, ao vento e ao sol, ficando mais sensível também a tratamentos químicos. Contudo, é importante saber diferenciar um cabelo seco daquele que está ressecado, já que, por mais que sejam tratados como sinônimos, não é a mesma coisa. O ressecamento pode atingir qualquer tipo de fio, inclusive os oleosos. Isso pode acontecer por exposição a agentes que danificam, como tinturas, alisamentos ou falta de hidratação, e deixam as madeixas com pontas duplas e o temido frizz.

Cabelos mistos

Quem tem esse tipo de fio diz que é o mais difícil de cuidar, já que ele é oleoso na raiz e seco nas pontas. Muitos cabelos cacheados costumam apresentar essa característica, já que a forma em curva dos fios não deixa os óleos naturais do couro cabeludo chegarem até o comprimento e as pontas. Entretanto, isso também pode acontecer por alterações hormonais. Para esse tipo de fio, o segredo são as lavagens em dias alternados e a utilização de produtos específicos que não pesam a raiz e conseguem manter a hidratação do comprimento e principalmente das pontas.

Os tipos de fios

O seu tipo de fio também deve ser levado em consideração na rotina de cuidados com o cabelo. De modo geral, eles são categorizados em 4 tipos:

  • 1A, 1B e 1C;

  • 2A, 2B e 2C;

  • 3A, 3B e 3C;

  • 4A, 4B e 4C.

Quanto menor for a numeração, menor será a curvatura do fio, ou seja, mais liso ele será. Entenda, a seguir, as características de cada um.



Tipo 1 – Lisos

São aqueles fios bem lisos, escorridos, sem nenhuma ondulação e, normalmente, oleosos porque a falta de curvatura faz com que o sebo consiga descer e se espalhar pelo comprimento e as pontas. Aqueles classificados como 1A são bem finos e, por isso, sem volume. Sabe aquele cabelo que não segura nem um grampo? É esse mesmo!

Os 1B também são oleosos e extremamente lisos, mas têm a diferença de serem considerados médios e não tão finos. Por isso, têm a aparência de serem mais encorpados e apresentarem um pouco mais de volume. Já aqueles classificados como 1C, são fios mais grossos, com aspecto pesado e de difícil modelagem. Porém, ainda sim, são oleosos em toda a sua extensão.

Tipo 2 – Ondulados

Os fios do tipo 2 têm algumas leves ondulações e já não são tão escorridos como o tipo 1. As ondas costumam ser graduais e bem abertas do comprimento às pontas, mas a raiz ainda é bem lisa e oleosa. Na categoria 2A, o cabelo não tem muito volume e é de fácil modelação por ter as ondas em formato de S. Os fios do tipo 2B têm as curvas mais definidas e não tão abertas quanto o 2A. No entanto, ainda são cabelos com raiz lisa, normalmente oleosa e de mais difícil modelagem. Por sua vez, aqueles do tipo 2C têm ondas mais fechadas, quase querendo formar alguns cachos espaçados ao longo da extensão, e costumam ter mais volume e movimento.

Tipo 3 – Cacheados

São fios menos oleosos e mais propensos ao ressecamento, já que a curvatura dificulta o trajeto dos óleos naturais ao longo do fio. Eles também costumam ser mais opacos porque o brilho é resultado da incidência de luz na superfície dos fios. Como os cachos reduzem essa superfície, chega menos luminosidade aos cabelos.

A raiz do fio tipo 3A, por ainda ter traços da categoria anterior, é lisa. Entretanto, os cachos são mais definidos no comprimento e nas pontas. São aqueles cachos que parecem feitos com babyliss de maior diâmetro. Visto que nos fios 3B a raiz já não é lisa e os cachos têm mais definição, eles costumam ser mais volumosos e secos. Já os 3C são aqueles chamados de molinha, principalmente na raiz. Nessa categoria, os cuidados com o cabelo crespo devem ser intensificados, por serem ainda mais propensos ao ressecamento, inclusive nas pontas.

Tipo 4 – Crespos

Os fios crespos são aqueles lindamente volumosos e com cachos bem fechados, desde a raiz até as pontas. Alguns podem até não ter definição, de tão intensa que é a curvatura. Normalmente, tanto o 4A quanto o 4B e o 4C têm aspecto mais ressecado e opaco, por isso a umectação é de grande importância para a reposição de óleos nos fios. Existem ainda algumas variações dos cachos, que em alguns cabelos têm o formato de Z, principalmente quando estão molhados. Em razão do volume, esse tipo de fio é bem fácil de manter o corte conhecido como black power. Alguns podem ser bastante grossos, enquanto outros merecem atenção durante o desembaraço, por serem sensíveis. Outra característica é o encolhimento percebido nesse tipo.

Agora que vocês sabem um pouco mais sobre o tipo do seu cabelo, você pode responder o nosso Quiz com mais precisão e obter os produtos personalizados dos seus sonhos! Sempre que precisar, nosso time está à disposição para tirar todas as suas dúvidas. Aproveite para conhecer mais uma versão de você!




Fique por dentro de todos os posts

Obrigado por assinar!

Siga-nos no Instagram

  • Facebook
  • Instagram
  • Facebook
  • Instagram